GROSELHAS, FRAMBOESAS, MIRTILOS, AMORAS… E, CLARO, MORANGOS

A saúde num prato colorido
Framboesas2
Ao olhar-se para um prato repleto de cor e com diferentes texturas podemos dizer que estamos no bom caminho para uma saúde de ferro. Quanto mais variada for a nossa alimentação maiores as defesas contra as agressões a que o meio ambiente urbano nos sujeita. E a cor dos frutos vermelhos indica qual o benefício direto que podemos aproveitar: melhor qualidade de sangue. Os frutos vermelhos – morangos, framboesas, groselhas, amoras, mirtilos –, repletos de licopeno, são considerados pelos nutricionistas como um superalimento. As vitaminas, os minerais, o potássio, são barreiras antioxidantes que fazem destes nutrientes os verdadeiros campeões no combate ao envelhecimento. Há ainda outras indicações de saúde que os nossos olhos apreendem no mimetismo com alguns alimentos. Por exemplo, o formato de uma noz e a relação com o cérebro, um tomate em corte e as suas semelhanças com o interior do coração ou até o formato de um feijão e os contornos de um rim humano. Não são só parecidos com os órgãos em questão, estão diretamente relacionados com o bom funcionamento de cada um deles.

Ao olhar-se para um prato repleto de cor e com diferentes texturas podemos dizer que estamos no bom caminho para uma saúde de ferro. Quanto mais variada for a nossa alimentação maiores as defesas contra as agressões a que o meio ambiente urbano nos sujeita. E a cor dos frutos vermelhos indica qual o benefício direto que podemos aproveitar: melhor qualidade de sangue. Os frutos vermelhos – morangos, framboesas, groselhas, amoras, mirtilos –, repletos de licopeno, são considerados pelos nutricionistas como um superalimento. As vitaminas, os minerais, o potássio, são barreiras antioxidantes que fazem destes nutrientes os verdadeiros campeões no combate ao envelhecimento. Há ainda outras indicações de saúde que os nossos olhos apreendem no mimetismo com alguns alimentos. Por exemplo, o formato de uma noz e a relação com o cérebro, um tomate em corte e as suas semelhanças com o interior do coração ou até o formato de um feijão e os contornos de um rim humano. Não são só parecidos com os órgãos em questão, estão diretamente relacionados com o bom funcionamento de cada um deles.