Veja aqui a conferência de Viseu

Acompanhe na íntegra as intervenções e o debate do dia 29 de Abril com João Paulo Gouveia (Instituto Politécnico de Viseu), Adelina Martins (Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro), Carlos de Oliveira (Agrogarante), José Matias (Casa da Ínsua), Miguel Magalhães Duarte (Millennium BCP) e Paula Correia (Escola Agrária de Viseu). Moderação de António Perez Metelo.


Há uma história de amor com aveleiras


Imagine um arbusto que parece uma árvore. Para que não existam muitas avelãs ocas ou com um fruto mirrado, devem ser plantadas aveleiras polinizadoras entre as filas dos pomares. Anita Cabral de Almeida cruzou a espécie autóctone, a Grada de Viseu, com a Gunslebert, Negreta e Segorbe. Esperou pelos bons ventos de Viseu, as grandes amplitudes térmicas. Resultado: os quase oito hectares de aveleiras estão a rebentar aos primeiros raios de sol de uma primavera que tarda em fazer-se sentir. A seguir, lentamente, as bolinhas castanhas vão crescendo até à altura da colheita, fim de setembro ou início de outubro.

Continue reading

O trunfo das castas autóctones do Alto Douro


Se o azeite representa 25% da faturação, é no vinho que está a fatia de leão do negócio. Também aqui o respeito pela tradição vínica do Alto Douro é um traço distintivo da oferta desta Casa Agrícola. Celso explica que “os vinhos da CARM são vinhos do Douro Superior e nunca quiseram que fossem outra coisa. Nós trabalhamos só com castas autóctones aqui da zona.”

 

Continue reading

A castanha na Web

INFORMAÇÕES GERAIS Observatórios dos Mercados Agrícolas e das Importações Agroalimentares:www.observatorioagricola.pt Valores Nutricionais nutritiondata.self.com AS 4 VARIEDADES DOP (Denominação de...